Corredores iluminados: a cultura e a expressão artística nos corredores da UNIPAMPA Campus Jaguarão

A Universidade Federal do Pampa – UNIPAMPA, Campus Jaguarão é composta por discentes provenientes de distintos lugares, cada um com suas experiências pessoais, as quais podem ser transmitidas aos demais, uma forma ímpar de compartilhar cultura e conhecimento. Neste sentido, entende-se a importância de promover espaços coletivos e interdisciplinares de estudo, criação, lazer, convivência e integração cultural entre a comunidade acadêmica e a comunidade externa. Ademais, entende-se que os corredores do Campus, especialmente os localizados no andar inferior do prédio, onde ficam concentrados os laboratórios dos cursos, podem se tornar espaços de criação de arte e de cultura. Salienta-se que estes corredores atualmente não são utilizados de forma criativa e que poderiam tornarem-se verdadeiros murais artísticos para expressão cultural, através da reutilização de quadros brancos que anteriormente ocupavam as salas de aula, mas que foram substituídos em função do desgaste e não possuem destino para descarte ou reciclagem, além de outros materiais. Estes quadros poderão tornar-se murais de arte, e esta arte difundida pelos discentes do Campus Jaguarão, além da comunidade externa, os quais serão convidados para realização de oficinas artísticas no Campus. Intenta-se maior integração entre o público interno e externo do Campus, através do compartilhamento de experiências e habilidades, assim como a criação de um lugar de experienciação expositiva das artes plásticas e visuais resultantes desta integração, espera-se, também estimular a propagação do gosto pelas artes plásticas e visuais, promover um espaço de estudo, de lazer, de criação, de convivência, mas acima de tudo de integração entre pessoas. E, finalmente, que a partir de oficinas ministradas haja uma ressignificação do artesanato e da arte de forma geral como atividade empreendedora, com possível geração de renda às famílias carentes de Jaguarão.

Coordenação: Profª. Dra. Patrícia Schneider Severo