Projetos (2017/2018)

 

 GMS – Guia de Mídias Sociais Unipampa: redação, conteúdo e linguagem

  • Discente: Emanuelle Tronco Bueno (Jornalista)
  • Docente: Dra. Renata Correa Coutinho
  • Objetivo/descrição:  eBook de orientação para o gerenciamento e manutenção das mídias sociais institucionais da Unipampa. Tal produto comunicacional enquadra-se dentro do setor editorial, classificado pela UNCTAD  como parte da indústria criativa. Metodologicamente, para sua realização, aplicou-se uma pesquisa exploratória com as sete universidades federais do Rio Grande do Sul, sendo realizada observação das mídias sociais dessas instituições a partir do método da semana composta e entrevista com o responsável pelo gerenciamento dessas mídias. Simultaneamente, realizou-se pesquisa bibliográfica em trabalhos correlatos para análise dos dados obtidos e posterior elaboração do produto.  O eBook estará disponível no site institucional da Unipampa e pode ser acessado aqui.

 São Borja Conectada

  • Discente: Greice Pinto Meireles (Jornalista)
  • Docente: Dra. Sara Feitosa
  • Objetivo/descrição: produção audiovisual seriada, com 7 episódios independentes, que veiculado na web. Tem por objetivo provocar os habitantes de São Borja sobre o ambiente urbano contemporâneo, que abriga as relações humanas entre si e com a tecnologia, sob a perspectiva dos conceitos de Cidade Criativa e Cidade Inteligente, bem como suas dimensões: Governança, Inovação, Sustentabilidade, Inclusão e Conectividade. De acordo com o Relatório de Economia Criativa da UNCTAD, a produção audiovisual está classificada dentro da Indústria Criativa na grande área da Mídia. Dessa forma, a websérie trata-se de um produto comunicacional e propriamente pertencente à Indústria Criativa. Utiliza-se além de metodologia aplicada à produção audiovisual, a pesquisa bibliográfica, a pesquisa de campo e entrevistas prévias semiabertas. Assista a websérie São Borja Conectada aqui e conheça mais sobre o projeto acolá.

 Museus em Redes

  • Discente: Nathalia Lopes da Silva (Jornalista)
  • Docente: Dra. Vivian de Carvalho Belochio
  • Objetivo/descrição: por meio de estratégias de comunicação multiplataforma, o projeto busca ampliar o alcance dos museus da região. Museus em Redes reúne produtos como jornal impresso, portal institucional, páginas em redes sociais digitais e programas de rádio, utilizando o jornalismo cultural como um meio de comunicação e preservação da história regional e do patrimônio histórico e cultural dos municípios. As estratégias são focadas nos museus de Alegrete e São Borja, abordando aspectos como o turismo regional, arquitetura e motivação para a visitação. A história e aspectos dos personagens de seis museus das cidades da Fronteira Oeste também são abordados no conteúdo do projeto. Conheça mais sobre o projeto acessando seu portal: Museus em Redes.

 Documentário Movimentos da Produção Audiovisual na Fronteira São Borja – Brasil / Santo Tomé – Argentina

  • Discente: Elisandro Abreu Coelho (Relações-públicas)
  • Docente: Dr. Joel Felipe Guindani
  • Objetivo/descrição: O documentário “Movimentos da Produção Audiovisual na Fronteira São Borja – Brasil / Santo Tomé – Argentina” aborda a temática da produção audiovisual em um território de fronteira, buscando a partir de entrevistas com produtores audiovisuais locais, tanto do lado brasileiro quanto do lado argentino, perceber, como vem se desenvolvendo o setor criativo do audiovisual nesta região. Quem são os atores, as instituições envolvidas, os consumidores, as características do mercado, os tipos/formatos/gêneros audiovisuais produzidos, a estruturação das produtoras, a relação fronteiriça São Borja-Santo Tomé, a dicotomia cultura-economia, os desafios e oportunidades desse mercado entre outras questões relacionadas a indústria criativa e a economia criativa, são alguns questionamentos abordados no documentário. A produção gira em torno das experiências e atividades de dois produtores audiovisuais de São Borja, um produtor audiovisual de Santo Tomé e da TV Cablevisión, também de Santo Tomé. Além das entrevistas realizadas com os produtores audiovisuais locais, o documentário exibe alguns trabalhos realizados por eles, bem como apresenta alguns elementos culturais relacionados as representações identitárias locais e significações associadas a este espaço particular de fronteira, a “fronteira missioneira”.

 Comunicação Organizacional e Design Thinking: práticas articuladas à promoção do PPGCIC

  • Discente: Fabio Frá Fernandes (Relações-públicas)
  • Docente: Dra. Marcela Guimarães e Silva
  • Objetivo/descrição: ao reconhecer o PPGCIC – Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Indústria Criativa da Unipampa, campus São Borja como uma indústria criativa (FIRJAN, UNCTAD, DCMS), este processo de comunicação objetiva, por meio da metodologia do Design Thinking, repensar as práticas de comunicação organizacional do Programa e, assim, melhor posicioná-lo no mercado da Pós-Graduação. Após um mapeamento minucioso de suas praticas comunicativas e das atividades constituintes da economia criativa, é proposto e aplicado um Plano de Comunicação Organizacional Integrado como forma de organizar, normatizar e ampliar seus processos de comunicação e relacionamento. Esse plano é constituído por quatro eixos práticos que, apesar de serem apresentados de forma separada, estão imbricados em todos os aspectos, sejam teóricos ou pragmáticos. Os eixos focam: Comunicação no PPGCIC (formulação de normas e diretrizes de comunicação e relacionamento); Conteúdo Criativo (produção de conteúdo baseado nas atividades do Programa e seu compartilhamento com públicos de interesse através de múltiplas plataformas); Comunidade Criativa (promoção das atividades de extensão do PPGCIC); e Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (eixo focado na organização e publicização da produção acadêmica do Programa e na constituição do primeiro Laboratório de Comunicação e Indústria Criativa da região – PPGCIC Lab).

 Comunicação organizacional para a Incubadora URINOVA: uma abordagem utilizando Design Thinking

  • Discente: Margarida Cristina Goldschmidt (Jornalista)
  • Docente: Dr. Tiago Costa Martins
  • Objetivo/descrição: a URINOVA – Incubadora de Empresas da URI Santo Ângelo, por atuar no fomento à inovação e ao empreendedorismo é elencada como uma atividade relacionada a Indústria Criativa, seguindo a classificação da FIRJAN, alinhado à proposta da UNCTAD, que determina que estas são “constituídas por profissionais e estabelecimentos que proveem bens e serviços à Indústria Criativa”.  Este projeto de PD&I busca inovar nos processos de comunicação da Incubadora, utilizando a metodologia do Design Thinking para construir propostas e soluções. Ações como capacitação para uso de redes sociais, reformulação do site, além de oficinas e workshops foram realizadas buscando aprimorar a comunicação organizacional da Incubadora.

 Design Thinking como metodologia no processo de comunicação para a Missões Júnior

  • Discente: Renata Fonseca Antunes (Publicitária)
  • Docente: Dr. Tiago Costa Martins
  • Objetivo/descrição: busca a elaboração, através da metodologia do Design Thinking, de um processo de comunicação para a Missões Júnior, ligada ao bacharelado em Sistemas de Informação do IFFar – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha, campus São Borja. A Missões Júnior, por ser uma produtora de softwares, é entendida como uma indústria criativa e o processo de comunicação desenvolvido visa divulgar os produtos criativos gerados por ela. Para tal desenvolvimento é utilizado como base o Duplo Diamante do Design Council, que pressupõem quatro etapas: descobrir, definir, desenvolver e entregar.

 Dicipa – Divulgação Científica do Pampa em Multiplataformas

  • Discente: Franceli Couto Jorge (Jornalista)
  • Docente: Dr. Gabriel Sausen Feil
  • Objetivo/descrição: As multiplataformas de Divulgação Científica do Pampa (Dicipa) têm como objetivo dar visibilidade às pesquisas desenvolvidas por alunos, professores e técnicos-administrativos da Universidade Federal do Pampa (Unipampa). Neste contexto, a partir da classificação da UNCTAD, a Unipampa é entendida como uma indústria criativa pertencente ao grupo serviços criativos, o qual compreende a pesquisa e desenvolvimento (P&D). Além de um portal institucional com conteúdo multimídia, as pesquisas serão divulgadas nas redes sociais: YouTube, Facebook e Twitter. Sendo assim, tratam-se de produtos e processos comunicacionais desenvolvidos para uma indústria criativa: a Unipampa. Metodologicamente, no que se refere à natureza, este projeto realiza uma pesquisa aplicada; em relação aos objetivos, desenvolve uma pesquisa exploratória na forma de revisão bibliográfica. Conheça a Dicipa e suas múltiplas plataformas aqui.