Projetos (2020/2021)

Vericheck COVID-19: Protótipo de Agência de Checagem de Informações sobre COVID-19 em Uruguaiana/RS

  • discente: Alexia Saner Silva
  • docente (orientadora): Vivian de Carvalho Belochio
  • docente (co-orientadora): Sara Alves Feitosa
  • A Vericheck Covid-19 é um protótipo de agência de checagem de informações que circulam nas mídias sociais digitais, referente a Covid-19, no município de Uruguaiana/RS. Por meio da apropriação do FaceBook como apropriação jornalística, realizamos verificações de informações com a utilização de ferramentas específicas para a checagem bem como a produção jornalística que envolve entre as atividades, a apuração e a consulta de fontes e dados. Ao todo, produzimos 16 publicações na mídia social digital, entre verificações e posts informativos acerca do tema desinformação e checagem de informações. Duas produções audiofônicas foram realizadas de forma complementar, um podcast intitulado: o papel do jornalismo em um cenário de desinformação e um fragmento de áudio sobre a importância de verificar informações.
  • Palavras-chave: Fact-Checking; Desinformação; Covid-19; Cultura da Convergência.
  • Página no Facebook
  • Fragmento de áudio 
  • Podcast

Criative.se Negócios, uma revista digital e colaborativa para empreendedores são-borjenses

  • Discente: Ariane da Silva Xarão
  • Docente (orientadora): Renata Patricia Corrêa Coutinho
  • Revista digital e colaborativa, pautada por conteúdos que congregam os temas “criatividade” e “negócios”, prestando-se a uma inovação de produto do tipo editorial, sendo resultado de processos de edição e publicação, segundo entendimento da CAPES. Já conforme a UNCTAD, a revista classifica-se entre os grupos “mídia” e “criações funcionais”, porque alia editoria com design e novas mídias, uma vez que o seu formato e linguagem foram pensados para uso em dispositivos mobiles. Além disso, armazenamento e acesso acontecem através de uma landing page. Ainda, Criative.se Negócios transformou estudos, cases e projetos sobre criatividade em um produto de comunicação destinado a inspirar e auxiliar pequenos empresários de São Borja, formais e informais, a repensarem e adequarem seus empreendimentos, de modo a estabelecerem uma posição mais competitiva no mercado. Seu percurso constitutivo demandou uma metodologia aplicada à produção gráfica e à web e a criação dos conteúdos exigiu a utilização de pesquisas bibliográficas e entrevistas semiestruturadas.
  • palavras-chave: criatividade, negócios, desenvolvimento
  • https://criativesedigital.com.br/
  • criative.se negócios

 

  • Clima Acessível: um canal jornalístico no YouTube
  • Discente: Caroline Andrades
  • Docente (orientador): Marco Antonio Bonito
  • O Clima Acessível é um canal jornalístico no YouTube que tem como objetivo, produzir conteúdos sobre tempo e clima com acessibilidade comunicativa para pessoas com deficiência sensorial. Os vídeos contam com audiodescrição, janela de Libras e legenda oculta, além de possuir uma narrativa descritiva, buscando ser ainda mais acessível para pessoas cegas ou com baixa visão. Os três primeiros vídeos do Clima Acessível, por exemplo, destacam fenômenos meteorológicos que podem afetar o Rio Grande do Sul e até mesmo impactar atividades como a agricultura. Com este projeto, queremos apresentar um conteúdo sobre tempo e clima didático e acessível para a comunidade, principalmente em um contexto de mudanças climáticas.
  • palavras-chave: Jornalismo, Meteorologia, Acessibilidade Comunicativa
  • Canal no YouTube

Jornalismo Automotivo Transmidiático: O Conexão Automotiva 2.0

    • Discente: Luis Geovanne Isbarrola Noal
    • Docente (orientadora): Vivian de Carvalho Belochio
    • Usando estratégias de comunicação transmidiática, o presente projeto busca desenvolver conteúdos jornalísticos automotivos no formato seriado. O projeto “Jornalismo Automotivo Transmidiático: o Conexão Automotiva 2.0” busca desenvolver uma produção audiovisual, intitulada de Gran Narrative Transmedia ou Conexão Automotiva GTN. A temática dessa primeira temporada é “Os 30 anos dos carros importados no Brasil”, contada em sete episódios. Como é uma produção jornalística transmidiática, além do canal do YouTube, o assunto deve ser trabalhado com outras plataformas e formatos de conteúdos, que devem ser disponibilizados nas mídias sociais digitais (Facebook, Instagram e Twitter) do Conexão Automotiva, bem como em seu site. A história deve ser contada de maneira cronológica, começando com a liberação da venda de automóveis importados, em 1990, os períodos seguintes, chegando ao presente e ao fim dá uma possível visão do futuro dos carros importados no Brasil.
    • palavras-chave: Jornalismo Automotivo; Transmídia; Multiplataforma
    • Canal no YouTube 

We All Wanna Play: A Desigualdade de Gênero nos Jogos Digitais

  • Discente: Tassiana Souza da Silva
  • Docente (orientadora): Renata Patricia Corrêa Coutinho
  • O projeto “We all wanna play” ou traduzindo, “todas nós queremos jogar” é uma produção seriada desenvolvida para a web que busca discutir acerca da desigualdade de gênero dentro dos jogos digitais. Ao longo de quatro episódios, será abordado: 01) Os games e a indústria criativa, abordando o potencial da indústria dos games e como ela se classifica dentro da Indústria Criativa; 02) A desigualdade de gênero dentro dos jogos digitais, onde trata sobre o preconceito e assédio sofrido pelas jogadoras dentro do ambiente dos games; 03) A hiperssexualização das personagens femininas, onde é discutido sobre como o design influencia na distorção da imagem da mulher real e consequentemente, das jogadoras; 04) As mulheres no cenário dos e-sports, aborda os casos de assédio moral e sexual, assim como a dificuldade de inserção das mulheres enquanto jogadoras profissionais. Por fim, este projeto busca discutir e conscientizar sobre a existência destes problemas, buscando pela igualdade nos games e um ambiente mais saudável e menos tóxicos para todos e todas.
  • Palavras-chave: comunicação, websérie, igualdade de gênero, games
  • Websérie  
  • Instagram

Protótipo de aplicativo de serviços de acessibilidade

  • Discente: Juliana Tamaki
  • Docente (orientador): Marco Antonio Bonito
  • O trabalho busca prototipar um aplicativo de serviços de acessibilidade. Para tanto, buscamos mapear serviços e produtos de acessibilidade no Brasil. Com este projeto, busca-se aproximar pessoas com deficiência e empresas, à prestadores de serviços, dando a possibilidade para essa parcela da população encontrar esses recursos que facilitem sua contextualização social, interação e, principalmente, sua autonomia. Na pesquisa exploratória foi possível identificar a demanda de mercado a qual nos propomos atender. A coleta dos dados foi extraída das plataformas de distribuição digital de aplicativo: Play Store e Apple Store. Em ambas, através de palavras-chaves e não foram encontrados aplicativos com as funcionalidades aqui propostas. O caráter inovador deste produto está no fato de que ainda não há no mercado algo que forneça esse tipo de serviço à população e que este projeto possui contribuição social, pois trata-se de um projeto que busca facilitar a procura por serviços que contemplem pessoas com deficiência. Como bases conceituais, utilizamos os princípios dos termos/conceitos; Acessibilidade comunicativa (BONITO, 2015), Desenho Universal (CARLETTO e CAMBIAGHI, 2016), Cultura da Convergência (JENKINS, 2008), Cultura da conexão (JENKINS, GREEN e FORD, 2014), Cauda Longa (ANDERSON, 2006), além das apropriações sobre a Indústria Criativa (UNCTAD, 2012);(FEIL e GUINDANI, 2018). O projeto ainda está em etapa de desenvolvimento e sua circulação será pensada para as plataformas de aplicativos digitais da Play Store e Apple Store.
  • Palavras-chave: Protótipo, Aplicativo, Acessibilidade, Indústria Criativa, Serviços.

 

Guia Virtual dos Museus de São Borja

  • Discente: Ana Marcia Caldeira Nilson
  • Docente (orientadora): Alciane Nolibos Baccin
  • O Guia Virtual dos Museus de São Borja é um site que tem por objetivo divulgar os museus de forma ampla e interativa. Consiste na promoção dos museus por meio de uma plataforma digital que permita o acesso do público em geral, levando não só as pessoas aos museus, mas também os museus até as pessoas. Em razão do uso cotidiano dos meios de comunicação digitais, existe uma evidente necessidade de inovação nos processos e nas atividades culturais, esse projeto se justifica em virtude da importância da valorização dos espaços culturais, pois os museus locais remontam a cultura e a memória de São Borja e região, assim como dos ilustres personagens que marcaram a trajetória política nacional. O site propõe contribuir com a área cultural, social, econômica, turística, intelectual e científica com inovação na forma de promoção desses espaços.
  • palavras-chave: Museus- Inovação- Criatividade
  • Site

 

“Noção ética”: série de podcasts dirigida à divulgação de recomendações para a elaboração de peças comunicacionais em seus aspectos éticos

  • Discente: Camile de Paula Silva
  • Docente (orientador): Gabriel Sausen Feil
  • Neste projeto, visamos apresentar recomendações para elaboração de peças comunicacionais, em seus aspectos éticos. Em um mestrado profissional, torna-se necessário levar as discussões do saber acadêmico para os ambientes profissionais; diante disso, chegamos à seguinte problemática: como comunicar essas recomendações, geradas em um projeto de pesquisa acadêmico, ao público profissional da comunicação? Para resolvermos tal problema, propomos o desenvolvimento de um “produto de comunicação”: uma série de podcasts, a fim de comunicar as Recomendações “Noção ética” e suas sete nuances, que buscam auxiliar o profissional em sua reflexão no que diz respeito aos aspectos éticos de uma peça publicitária. A inovação do produto está na divulgação de conteúdo científico e filosófico para o mercado, aproximando-o de debates geralmente exclusivos do ambiente acadêmico. Esperamos, por fim, que o projeto, por meio, sobretudo, de seu produto, possa auxiliar publicitários a desenvolver melhores práticas de comunicação, ao serem instigados a refletir sobre como suas criações interferem no comportamento e no conhecimento da sociedade.
  • Palavras-chaves: ética; noção ética; publicidade; problema ético.
  • Podcast 

 

Planejamento ágil de estratégias de comunicação para campanhas de financiamento coletivo

  • Discente: Ivana Cavalcante Saraiva
  • Docente (orientadora): Marcela Guimarães e Silva
  • Docente (co-orientadora): Alciane Nolibos Baccin 
  • Para planejar estratégias de comunicação que resultem em campanhas de financiamento coletivo bem-sucedidas, foi proposto o desenvolvimento de uma metodologia de planejamento ágil voltada às equipes de competição do Centro de Tecnologia da Universidade Federal de Santa Maria. Espera-se que, uma vez concluído o projeto, a metodologia seja compartilhada com diferentes iniciativas acadêmicas que busquem recursos por financiamento coletivo.
  • Palavras-chave: comunicação; indústria criativa; financiamento coletivo

 

Plano de Estratégias Comunicacionais para o roteiro turístico-cultural “Caminho das Missões”

  • Discente: Ingrid Bomfim Gonçalves
  • Docente (orientadora): Marcela Guimarães e Silva
  • Docente (co-orientador): Gabriel Sausen Feil
  • Com o intuito de planejar estratégias comunicacionais que podem auxiliar na visibilidade do “Caminho das Missões”, propomos o desenvolvimento de um produto de comunicação: um Plano de Estratégias Comunicacionais direcionado para a Secretaria de Cultura do Município de Santo Ângelo, RS, com a finalidade de promover a atração turística e fomentar a indústria criativa do Município, através de práticas patrimoniais.
  • Palavras-chave: Plano; Estratégias Comunicacionais; Caminho das Missões

 

Guia do método “Noção ética”: Para análise de peça comunicacional.

  • Discente: Karine de Oliveira Freitas (jornalista).
  • Docente (orientador): Gabriel Sausen Feil.
  • O “Guia do método “Noção ética”: Para análise de peça comunicacional”, foi projetado enquanto um produto comunicacional em formato de ebook, em que se propõe a divulgar um método de análise proposto pela pesquisa intitulada “Publicidade ética não-moralista”, coordenada pelo professor Gabriel Sausen Feil. Assim, este guia não se limita ao formato acadêmico e explora/divulga, no conteúdo, uma metodologia que pode vir a ocupar uma lacuna existente em pesquisas envolvendo ética e comunicação. Método este que é voltado para a ciência e busca auxiliar o público acadêmico, pesquisadores da área da comunicação, atribuindo-lhes um novo panorama de conhecimento. O método que aqui se evidencia, “Noção ética”, trata-se da proposição de um novo modo de fazer referente aos aspectos éticos de peças comunicacionais, orientando, deste modo, o pesquisador sobre como refletir a ética em sua pesquisa. Portanto, o objetivo deste guia é apresentar uma possibilidade de resolução metodológica unicamente para esse fim: explorar e analisar os aspectos éticos em peças de comunicação, sendo que a premissa deste produto é buscar garantir acesso aos pesquisadores a uma nova metodologia de análise, por meio de um formato comunicacional próprio e destinado notadamente para esse fim.
  • Palavras-chave: Comunicação; Indústria Criativa; Inovação; Processo/produto comunicacional.
  • Link 

 

 

Projeto Calíope – Narrativas jornalísticas para o Instagram 

  • Discente: Júlia Saldanha Goulart
  • Docente (orientadora): Alciane Nolibos Baccin
  • Projeto criado para o Instagram com objetivo de utilizar as ferramentas disponíveis na plataforma e a linguagem própria do site de rede social para divulgar a história de vida, as conquistas e o trabalho de mulheres brasileiras pesquisadoras. A primeira edição do projeto tem o foco na área da saúde, por isso entrevistamos três mulheres pesquisadoras das ciências da saúde para conhecê-las um pouco melhor a partir de suas experiências. Acompanhe o nosso projeto Calíope.
  • Palavras-chave: Jornalismo; Instagram; Mulheres; Ciência.

Instagram