Projetos de Ensino

Implantação do Jardim Botânico da Universidade Federal do Pampa
Coordenador: Angelo Alberto Schneider

A instalação de um Jardim Botânico na Universidade Federal do Pampa, visa criar uma área protegida, constituída por coleções de plantas vivas cientificamente reconhecidas, organizadas, documentadas e identificadas, com a finalidade de estudo, pesquisa e documentação do patrimônio florístico do país, acessível ao público, no todo ou em parte, servindo a educação, à cultura, ao lazer e a conservação do meio ambiente. Além disso, podemos atribuir ao projeto, estimular a conservação do Bioma regional na qual a Universidade está inserida.

 

Implantação de um povoamento florestal para fins didáticos
Coordenador: Bruna Denardin da Silveira

O curso de Engenharia Florestal da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA) desempenha suas atividades desde 2006 no Campus São Gabriel e, conforme seu Projeto Político Pedagógico, conta com a maioria de suas aulas desenvolvidas de forma prática. Assim, um pequeno povoamento florestal dentro do próprio campus da universidade facilitaria as atividades didáticas, inclusive de forma interdiscplinar. Com isso, o objetivo do presente projeto será envolver acadêmicos de diferentes semestres do curso de Engenharia Florestal nas atividades de planejamento e implantação de um povoamento florestal do gênero Eucalyptus, buscando uma maior motivação e integração entre alunos, docentes e técnicos administrativos quanto as atividades realizadas. O projeto será desenvolvido através de encontros semanais entre seus integrantes, onde serão discutidas detalhadamente as metodologias para implatação e monitoramento da área. Espera-se ao final do projeto um plantio de Eucalyptus executado com êxito e que todos os processos dessa atividade tenham motivado e mostrado aos acadêmicos do curso de Engenharia Florestal parte do que pode ser desenvolvido por profissionais da área. Também deseja-se que a ligação do ensino com a pesquisa corrobore em formar novos profissionais críticos e comprometidos com a natureza, o desenvolvimento sustentável e a sociedade.

 

Gincana: Estímulo ao aprendizado em Solos
Coordenador: Mirla Andrade Weber

O campus São Gabriel da Unipampa conta com cursos de graduação como Engenharia Florestal e Gestão Ambiental que possuem componentes curriculares da área de Solos em sua grade curricular. Os componentes curriculares relacionados à ciência do solo contemplam uma série de conteúdos de outras áreas, como química, física, matemática, biologia, geografia, entre outras, o que geralmente representa um desafio para a maioria dos discentes, que apresentam dificuldades por falhas oriundas do processo educacional durante o ensino fundamental e médio. Isso se reflete no alto índice de reprovações por frequência ou por nota nos componentes curriculares iniciais da área de Solos. O presente projeto tem como objetivo principal o decréscimo do número de reprovações por frequência e por nota dos componentes curriculares iniciais da área de solos dos cursos de graduação de Engenharia Florestal e Gestão Ambiental do campus São Gabriel por meio da realização de gincanas durante o andamento destes componentes curriculares nos dois semestres letivos. No componente curricular Solos Florestais serão realizadas três gincanas. Cada gincana ocorrerá em data anterior a cada avaliação no Galpão da Engenharia Florestal. As equipes que participarão da gincana serão constituídas de três a quatro ou de quatro a cinco discentes matriculados no componente curricular, sendo cada equipe sorteada no dia da gincana. As tarefas da gincana terão relação com os conteúdos abordados na avaliação da semana seguinte. Dentre as tarefas a serem realizadas citam-se: Prova da Mímica ou Desenho; Prova da Torta na Cara; Jogo da Memória; Provas de Verdadeiro ou Falso; Provas Práticas; Cruzadinhas; dentre outras. No componente curricular Solos será realizada apenas uma gincana ao final do semestre.

Gincana de Solos Florestais 2015/1

Gincana de Solos Florestais 2016/1

Gincana de Solos Florestais 2017/1

Gincana de Solos Florestais 2018/1