GRUPO NEBLINA – Um encontro dez anos depois

Neblina

O Grupo Neblina foi formado em 2004, em Bento Gonçalves-RS, com a perspectiva de propiciar interlocuções entre os poetas Clóvis Da Rolt, Douglas Ceccagno, João Claudio Arendt e Marli Tasca.

Deste encontro surgiu a coletânea de poemas “Calendário – Antologia poética do Grupo Neblina”, publicada em 2006, que reúne vinte poemas de cada autor.

Tínhamos, naquele momento de formação do Grupo, o objetivo de debater poesia, partilhar leituras e interesses literários. A neblina, que acabou batizando o grupo, faz referência à estética da serra gaúcha em época de inverno (e foram muitas as noites de frio em que nos reunimos) e à própria condição significativa da poesia: mover-se em meio à neblina é como ler um poema sem saber o que está por vir, tateando metáforas e envolvendo-se com imagens que ora se escondem, ora se revelam“, reforça o Prof. Clóvis Da Rolt.

O encontro marcará os dez anos de publicação da coletânea de poemas.

Na ocasião, relembraremos momentos da formação do Grupo, debateremos questões de literatura e poesia, além de apresentarmos nossa produção subsequente à formação do Grupo e projetos em andamento”, nos diz o Prof.  Clóvis Da Rolt.

O evento faz parte da programação da 31ª Feira do Livro de Bento Gonçalves.

SERVIÇO

O quê? Grupo Neblina – Um encontro dez anos depois

Quando? Dia 16/09/2016 –  20h

Onde? Auditório do SESC (Rua Cândido Costa, 88 – Bento Gonçalves-RS)

AUTORES/AS

Clóvis Da Rolt – Natural de Bento Gonçalves-RS. É licenciado em Artes Plásticas (UCS), Mestre e Doutor em Ciências Sociais (Unisinos). Foi bolsista da Fundação Carolina junto à Universidade de Granada (Espanha), colunista do Jornal Gazeta de Bento Gonçalves e, atualmente, é Professor Adjunto da Universidade Federal do Pampa, onde leciona disciplinas no campo da arte e da antropologia. É autor de: Canção de Vidro (WS Editor, 2004), Calendário – Antologia poética do Grupo Neblina (Ed. dos Autores, 2006), Universo (Ed. do Autor, 2014) e A orientação das serpentes (Ed. Modelo de Nuvem, 2016).

Douglas Ceccagno – Nascido em Farroupilha-RS. Graduado e Mestre em Letras pela Universidade de Caxias do Sul e Doutor em Teoria da Literatura pela PUC-RS com estágio na Université Paris 3. Professor universitário, leciona disciplinas de Língua Portuguesa em diversos cursos de graduação e de Literatura nos cursos de graduação e de mestrado em Letras da UCS. Participou da publicação Calendário – Antologia poética do Grupo Neblina (Ed. dos Autores, 2006) e é autor de Rábula (wwlivros, 2015).

João Claudio Arendt – Nasceu em 1970. É graduado em Letras (Unisinos), mestre em História  (Unisinos) e doutor em Letras (PUCRS). Realizou estágio pós-doutoral na Universidade Livre de Berlim.  Atualmente, é Professor na Universidade de Caxias do Sul, onde leciona literatura e teoria literária na graduação e na pós-graduação em Letras. É autor de: Calendário – Antologia poética do Grupo Neblina (Ed. dos Autores, 2006), Plural da ausência (Ed. São Miguel, 2009) e Quadros berlinenses (Ed. Maneco, 2013).

Marli Cristina Tasca Marangoni – Nasceu em Bento Gonçalves-RS, em 1980. É licenciada em Letras, Mestre e Doutora em Letras (UCS). É professora de anos iniciais do Ensino Fundamental e, atualmente, atua junto à coordenação pedagógica da Secretaria Municipal de Educação de Bento Gonçalves e na docência de disciplinas de Linguagem e Literatura, na Faculdade Cenecista de Farroupilha. É autora de: Calendário – Antologia poética do Grupo Neblina (Ed. dos Autores, 2006) e Amazônia: estradas d’água (Ed. dos Autores, 2014).

PPC aprende com a diversidade de alunos/as

menina

Na última quarta-feira (17), a discente do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo Danuse Cardozo defendou o seu Projeto Aplicado (TCC), com foco na APAE de Arroio Grande/RS. Segundo o Prof. Alexandre Caldeirão do PPC, foi “um momento emocionante para todos os que, em alguma medida, participaram da formação da acadêmica que apresentou seu  trabalho de forma segura e brilhante”.

O docente acredita que a inclusão social deste público específico seja um papel importantíssimo da Universidade Pública e reforça: “me sinto orgulhoso de formar parte de um time que consegue atender de forma tão especial alunos que, mais que agregar conhecimento ou buscar um diploma, estão conseguindo um desenvolvimento pessoal e intelectual que pareceria impossível“, ao se referir a mais alunos/as especiais que a Unipampa inclui.
Em sua primeira experiência pedagógica nesse sentido, a Profa. Carla Rabelo também destacou que acredita no livre e amplo acesso à Universidade Pública. “Entendo que um curso de cultura, principalmente, deve se dedicar à diversidade dos sujeitos”, explicando que venceu o desafio e aprendeu bastante ao receber alunos/as especiais.

Sofia Favero estará no PPC no dia 25

Diversidade Sexual é tema de palestra dia 25
por Tamíris Centeno Pereira da Rosa – ACS/Unipampa

sofia favero

Sofia Favero fará palestra via Skype no dia 25. Foto: Facebook

Na próxima quinta-feira, 25, às 15h, será realizada uma palestra, através do Skype, com a criadora da página da rede social Facebook e coordenadora do EducaTrans, Sofia Favero, na sala 207 do Campus Jaguarão da Universidade Federal do Pampa (Unipampa).

O evento é uma iniciativa do curso de Produção e Política Cultural. A atividade tem como público alvo alunos do curso, demais integrantes da comunidade universitária, fazedores de cultura, educadores, ativistas e demais interessados.

De acordo com a professora do curso, Carla Daniela Rabelo Rodrigues, a cultura LGBTQ (lésbicas, gays, bissexuais, transsexuais, queers) está indexada na discussão sobre diversidade sexual e de gênero.

O tema tem percorrido, ainda que de forma escassa, os meios de comunicação, debates políticos, escolas e universidades na tentativa de dar visibilidade à questão, para compreensão de direitos humanos, e para questionar a representatividade e o acesso sociocultural. Um debate sobre identidade de gênero e diferenças sexuais agrega não somente para preencher lacunas do ambiente universitário, como também demonstra que a Unipampa está interessada e aberta às questões contemporâneas”, definiu ela.

O evento tem o objetivo de oportunizar o debate sobre diversidade sexual e gênero, além da cultura LBGTQ, por meio da criadora da página Travesti Reflexiva e coordenadora do EducaTrans, projeto que visa estimular a entrada de travestis e trans no ensino superior.

Segundo a professora, também será momento para debater o engajamento e mobilização social contra a transfobia, as violências simbólicas e físicas, e o machismo predominante na sociedade brasileira.

CONVITE PET-PPC
O que e quem: Palestra virtual com Sofia Favero, criadora da página Travesti Reflexiva e coordenadora do EducaTrans, projeto que visa estimular a entrada de travestis e trans no ensino superior.
Quando: 25/08/2016, quinta-feira, às 15h.
Onde: sala de aula 207.
Quanto: grátis.
Inscrição até dia 23 (nome completo e e-mail): ppcpet@gmail.com
Informar no assunto do e-mail: palestra Sofia Favero.
OBS: haverá certificado de participação.