Ciências da Natureza – Licenciatura

    O curso de Ciência da Natureza da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA) Campus Uruguaiana, tem por objetivo a formação docente na área de ciências da natureza e suas tecnologias no ensino médio (química, física e biologia) e ciências naturais no ensino fundamental.

 Vagas: 50 vagas anuais;              
 Turno de funcionamento: Noturno;      
 Carga horária: 3.270h/9 semestres;  
 Projeto Pedagógico do Curso PPC Ciências Natureza
 

 

Programa Licenciaturas Internacionais Portugal

A Coordenação do Curso Ciências da Natureza – Licenciatura, torna pública a seleção de discente bolsista para constituir proposta de projeto ao Programa Licenciaturas Internacional – PLI em Portugal, conforme EDITAL Nº 0074/2015 – CAPES, o qual tem por objetivo selecionar projetos de parceria entre cursos de licenciatura de universidades brasileiras e universidades portuguesas, visando à realização de graduação sanduíche de estudantes brasileiros.

Edital PLI 074-2014 Portugal 

Edital Bolsa Prog Lic Internacionais Portugal

IFSul – Pelotas e Unipampa – Campus Uruguaiana discutem Licenciatura em Ciências da Natureza

Reunião da coordenação do curso Ciências da Natureza (Unipampa Campus Uruguaiana) com docentes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul – Rio – grandense (IFSul – Campus de Pelotas)

Tendo por local a sala de videoconferência da Unipampa – Campus Uruguaiana, no dia vinte e seis de outubro de dois mil e doze, reuniram-se os professores do IFSul, Rodrigo Nascimento Silva, Veridiana Krolow Bosenbecker, Sandro de Quevedo Peil, Henrique Kosby Correa, Aires Carpinter Moreira (IFSul) e os docentes da Unipampa, Maristela Cortez Sawitzki, Alexsandro Pereira de Pereira e Vanderlei Folmer. A reunião foi proposta pelo IFSul e objetivo da mesma foi discutir as propostas curriculares do curso Licenciatura em Ciências da Natureza da Unipampa e do curso Licenciatura em Ciências da Natureza e suas Tecnologias do IFSul.  Ao discutir os referidos currículos observou-se que as propostas estão fundamentadas em referenciais teóricos (importância da complexidade, contextualização e interdisciplinaridade do conhecimento) assim como nos Parâmetros Curriculares Nacionais – PCNs e na legislação pertinente à educação básica e superior para a oferta dos referidos cursos por área do saber. Neste contexto, os docentes também entenderam a necessidade de mais discussões lançando a ideia de promover um encontro entre as instituições proponentes de Cursos de Ciências da Natureza.