Professores Orientadores

Áreas de pesquisa: Organização e arquitetura de computadores, Sistemas embarcados e Computação de alto desempenho.
Shorbio. Arthur participa de diversos projetos de pesquisa onde o objetivo principal é o desenvolvimento de mecanismos para automatizar e tornar energeticamente eficiente a exploração do paralelismo no nível de threads em sistemas multiprocessados (e.g., embarcados, propósito geral e computação de alto desempenho). Dentro deste nicho, são realizadas pesquisas em diferentes interfaces de programação paralela (e.g., OpenMP, PThreads, Cilk++, Intel TBB e MPI), diferentes métodos para otimizar a exploração do paralelismo (e.g., estratégias de busca) e questões arquiteturais, como por exemplo, DVFS, tecnologias de boosting.


Prof. Dr. Claudio Schepke
Áreas de pesquisa: Processamento de alto desempenho, Programação paralela, Aplicações científicas e Computação em nuvem
Descrição. Em diversas áreas da ciência existem algoritmos que demandam um elevado custo computacional. Uma alternativa para acelerar a execução destes algoritmos consiste na execução concorrente do código, tornando a obtenção das soluções numéricas factível ou obtidas em um tempo de processamento aceitável. Arquiteturas multicore e aceleradores com vários núcleos de processamento têm sido amplamente utilizados como uma alternativa eficiente e viável na busca por maior poder de processamento. Sistemas modernos são compostos por processadores multicore e aceleradores altamente especializados tais como GPUs e co-processadores Intel Xeon Phi. No entanto, fazer uso desse tipo de arquitetura requer aspectos de programação distintos, e que, portanto, devem ser investigados apropriadamente para garantir a maximização do aproveitamento dos recursos computacionais. Assim, usando diferentes interfaces de programação paralela combinadas, é possível comparar e analisar modos de se obter o melhor aproveitamento do hardware e consequentemente prover execuções mais eficientes para os programas. Baseado neste contexto, esta pesquisa investiga como explorar diferentes formas de paralelismo para diversas classes de aplicações usando interfaces de programação paralelas apropriadas, avaliar o desempenho de arquiteturas atuais e propor técnicas de divisão paralela da aplicações. O uso de diferentes interfaces de programação permite fazer uso de um conjunto maior de arquiteturas computacionais como multiprocessadores/multicore, manycore/coprocessadores e multicomputadores. Desta forma será possível prover maior desempenho na execução de aplicações científicas e comerciais em arquiteturas atuais e, consequentemente, ter soluções mais rápidas e/ou precisas, além de usar e propor algoritmos para a avaliação de arquiteturas computacionais.


Áreas de pesquisa:  redes definidas por software (SDN),  segurança, dependabilidade, computação em nuvem e desenvolvimento de software.
Apresentação. Tenho projetos e/ou interesse de pesquisa e inovação em áreas e temas como redes programáveis (e.g. SDN), segurança de infra-estruturas de rede, segurança da informação, segurança de sistemas, tolerância a falhas e intrusões, escalabilidade em computação em nuvem e desenvolvimento de sistemas aplicados ao mercado. As colaborações mais recentes em pesquisa e inovação foram com pesquisadores de universidades e empresas como a UFSC, UNISINOS, UFAM, UFPA, UNICAMP, ULisboa/Portugal, UnBabel/Portugal, UNI.lu/Luxemburgo e Universidade de Monash/Austrália. Alguns dos temas de trabalhos (recentes) incluem: segurança em redes programáveis, blockchain, cryptomoedas, vulnerabilidades e ataques em sistemas Web, Web Application Firewalls, bancos de dados cifrados, integridade e confidencialidade no armazenamento e processamento de dados, segurança das urnas eletrônicas, protocolos de segurança, computação confiável, segurança assistida por hardware (novas tecnologias), armazenamento de grandes volumes de dados para internet das coisas (IoT), identidade digital segura, segurança em aplicações e bancos online, ataques a infra-estruturas de redes, entre outros.


Prof. Dr. Elder de Macedo Rodrigues
Áreas de pesquisa: teste de software, teste de desempenho, teste baseado em modelos, linhas de produto de software e engenharia de software experimental
Short bio. Possui graduação em Informática pela Universidade da Região da Campanha (2006) e mestrado e doutorado em Ciência da Computação pelo Programa de Pós-graduação em Ciências da Computação da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, tendo atuado em diversas empresas, tais como Pesquisador PDTI na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, professor da Faculdade Fundação Evangélica de Novo Hamburgo e analista de sistemas na Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre. Atualmente é professor adjunto na Universidade Federal do Pampa – Campus Alegrete. Tem experiência na área de Ciência da Computação, atuando principalmente nos seguintes temas: teste de software, teste de desempenho, teste baseado em modelos, linhas de produto de software e engenharia de software experimental.


Prof. Dr. Fábio Paulo Basso
Áreas de pesquisa: Arquitetura de Software, Reutilização de Software, Evolução de Software, Refatoração de Código, Automação de Processos de Desenvolvimento de Software e da Transferência de Tecnologia de Engenharia de Software.
Descrição. Experiência com pesquisa e desenvolvimento para fábricas de software, atuando principalmente nos seguintes temas: Desenvolvimento ágil de software, arquiteturas de software orientadas à objetos, reúso de software por meio de Engenharia Dirigida por Modelos (MDE), Desenvolvimento Orientado à Serviços,  Reengenharia e refatoração, técnicas de prototipação rápida de aplicações baseadas em padrões de projeto, variabilidade arquitetural, evolução de software, evolução de banco de dados, modernização de aplicações, e automação de processos de desenvolvimento que inclua OSLC, integração, implantação e entrega contínua. Nestes tópicos, busca-se a integração das ferramentas por meio de transformações. Para tal, as ferramentas podem ser representadas em diversos construtores de linguagens de modelagem como UML Profiles, Linguagens Específicas de Domínio (DSLs) e linguagens nativas/ad-hoc como Java Annotations. Foi empreendedor e valoriza bastante a pesquisa aplicada com potencial de inovação na indústria de software. Neste sentido, conduz pesquisas aplicadas ao arranjo produtivo local, como para identificar a viabilidade de algoritmos para detecção de doenças em lavoura de soja e arroz por meio de fotos tiradas com o uso de drones, viabilidade e variabilidade na implementação de aplicativos para internet das coisas,  estudos aplicados com novas metodologias e ferramentas educacionais e estudos aplicados ao desenvolvimento de software em geral. Fábio também vem conduzindo um projeto de pesquisa inter-disciplinar unindo conhecimentos sobre transferência de tecnologia, assets e blockchain.


Prof. Dr. Gilleanes Thorwald Araujo Guedes
Áreas de pesquisa: Técnicas de Inspeção e Engenharia de Requisitos, Modelagem de software por meio da UML e AOSE – Agent Oriented Software Engineering
Descrição. As áreas de atuação são caracterizadas conforme os seguintes projetos de pesquisa: 1.  Validação e Desenvolvimento de Técnicas de Inspeção em Modelos UML de Análise e Projeto de Software:  Este projeto pretende estabelecer o estado-da-arte das técnicas de inspeção de modelos UML atualmente existentes, bem como validá-las para determinar se elas são realmente adequadas para a inspeção destes tipo de modelo. Com base neste estudo pretende-se concluir se as técnicas existentes são suficientes para a inspeção deste tipo de modelo ou se é necessário propor uma nova técnica de inspeção. 2. Engenharia de Requisitos para Sistemas Multiagentes: Pretende-se determinar o estado da arte de engenharia de requisitos aplicada a sistemas multiagentes, determinando os pontos fortes e fracos das abordagens atualmente existentes, procurando aplicá-las na prática e determinando se elas são suficientemente adequadas ou se precisam ser melhoradas ou mesmo se é válido propor um novo processo de engenharia de requisitos para sistemas multiagentes.


Prof. Dr.  João Pablo Silva da Silva
Áreas de atuação: Engenharia de software inteligente, Linguagem específica de domínio, Sistemas auto-adaptativos
Short bio.  O prof. João Pablo desenvolve pesquisas em Engenharia de Software Inteligente, onde explora a sinergia entre Inteligência Artificial e a Engenharia de Software. Atualmente, coordena o projeto de pesquisa chamado “Uma Linguagem de Modelagem de Domínio Específico para Sistemas Autoadaptativos”, o qual busca desenvolver uma linguagem de modelagem de domínio específico baseada em UML para a modelagem conceitual de sistemas autoadaptativos. Complementarmente, atua no projeto “Engenharia de Requisitos para Sistemas multiagentes”, o qual busca desenvolver técnicas de engenharia de requisitos para sistemas multiagentes.


Prof. Dr. Maicon Bernardino da Silveira
Áreas de pesquisa: Gerenciamento de Projetos de Software, Teste de Desempenho, Teste Baseado em Modelos, Linguagem de Domínio Específico, Linhas de Produtos de Software, Banco de Dados e Engenharia de Software Experimetal
Short bio. Graduado em Licenciatura em Computação pela Universidade Feevale (2005). Master of Business Administration em Gerenciamento de Projetos pela FGV (2008). Mestre em Ciência da Computação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS (2012). Doutor em Ciência da Computação pela PUCRS (2016). Atuou como pesquisador da PUCRS no Projeto de Pesquisa em Virtualização e Teste de Software PUCRS/DELL durante o seu mestrado e doutorado. Atuou como docente do CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas pela FTEC em Novo Hamburgo. Atuou também como docente do CST em Jogos Digitais na Universidade Feevale. Atuou como professor do magistério superior na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – Campus Francisco Beltrão, associado ao curso de Licenciatura em Informática. Atualmente é professor do magistério superior adjunto na Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA) – Campus Alegrete, associado aos cursos de Bacharelado em Ciência da Computação e Engenharia de Software. Possui experiência na área de Ciência da Computação, atuando principalmente nos seguintes temas: Gerenciamento de Projetos de Software, Teste de Desempenho, Teste Baseado em Modelos, Linguagem de Domínio Específico, Linhas de Produtos de Software, Banco de Dados e Engenharia de Software Experimental. Membro da Association for Computing Machinery (ACM).


Áreas de pesquisa: Redes de Computadores, Algoritmos e Otimização Combinatória com ênfase em Funções Virtualizadas de Rede (NFV) e Redes Definidas por Software (SDN)
Descrição. A telemetria in-band do plano de dados é um paradigma emergente de monitoramento em infraestruturas de rede. A partir da coleta distribuída e em tempo real de informações de monitoramento, é possível obter maior visibilidade do estado da infraestrutura e identificar um conjunto maior de problemas — especialmente aqueles com curta duração como, por exemplo, micro-burst. Estudos recentes na área tem concentrado os esforços no desenvolvimento de mecanismos para (i) aumentar o nível de visibilidade das infraestruturas de rede e (ii) para projetar novas soluções de monitoramento. Entretanto, pouco ainda foi feito para coordenar o processo de coleta de informações de telemetria neste novo paradigma. Isto é particularmente desafiador principalmente por dois motivos. Primeiro, dependendo de quais itens de telemetria da rede são coletados, a visibilidade da infraestrutura pode degradar substancialmente em termos de consistência e atualização. Segundo, dependendo de como os itens de telemetria são coletados, o desempenho dos serviços de rede em operação e das aplicações de monitoramento podem ser prejudicados. Neste projeto, pretende-se investigar e modelar o problema de planejamento da coleta de itens de telemetria in-band. A ideia consiste em explorar o dinamismo entre os requisitos das aplicações de monitoramento e a aquisição dos itens de telemetria para, desta forma, garantir a acurácia do estado da infraestrutura e das aplicações de monitoramento. Posteriormente, pretende-se, utilizando-se do conhecimento adquirido, investigar estratégias para a operacionalização das soluções obtidas em uma infraestrutura com suporte à programabilidade.


Áreas de pesquisa: Redes de Computadores, Sistemas Distribuídos e Segurança de Sistemas Computacionais.
Short bio. Atualmente é Coordenador Substituto do Programa de Pós-Graduação em Eng. de Software (PPGES) da Universidade Federal do Pampa (Unipampa) em Alegrete/RS, onde também atua como docente nos cursos de Ciência da Computação e Eng. de Software. Anteriormente, obteve o título de Doutor em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) em 2017, realizou estágio de doutorado sanduíche na Télécom ParisTech (França) no ano letivo europeu 2014-2015. Obteve títulos de mestre pela UFRGS em 2012, e bacharel pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS) em 2008, ambos em Ciência da Computação. Possui experiência nas áreas de Redes de Computadores, Sistemas Distribuídos e Segurança de Sistemas Computacionais. É membro da Sociedade Brasileira de Computação (SBC) e do Laboratório de Estudos Avançados em Computação (LEA).

Prof. Dr. Williamson Alison Freitas Silva
Áreas de pesquisa: Engenharia de Requisitos, Qualidade de Software, Engenharia de Software Experimental.
Short bio. Doutor e Mestre em Informática pelo Programa de Pós-Graduação em Informática da Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Graduado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (Campus Boa Vista). Possui curso Técnico em Informática, com ênfase em Programação em Computadores, pela Escola Tecnológica do Estado do Pará / Itaituba. Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA) e membro do Grupo de Pesquisa LESSE (Laboratory of Empirical Studies in Software Engineering) e USES (Usabilidade e Engenharia de Software). Possui interesse nas áreas Engenharia de Software e IHC, atuando principalmente no seguintes temas: Engenharia de Requisitos, Qualidade de Software, Engenharia de Software Experimental, Pesquisa em Educação em Computação, Projeto e Avaliação de Usabilidade e User eXperience e Tecnologias de apoio a Integração entre as áreas de Engenharia de Software e Interação Humano-Computador.