Currículo

O currículo do Curso abrange uma seqüência de disciplinas e atividades ordenadas por matrículas semestrais em uma seriação aconselhada, abrangendo disciplinas de caráter obrigatório ou optativo, atendendo as exigências de sua programação específica e as diferenças individuais dos alunos.

O currículo deverá ser cumprido integralmente pelo aluno a fim de que possa qualificar-se para a obtenção do diploma que lhe confira direitos profissionais e lhe outorgue o título de Tecnólogo em Mineração.

Segundo a estruturação dada ao Curso Superior de Tecnologia em Mineração da Unipampa, as disciplinas foram agrupadas nas seguintes áreas:

      (i) disciplinas básicas: são as disciplinas de fundamentação teórica e ciência básica (matemática, física, química, informática, geometria, álgebra, etc);

      (ii) formativas gerais: são as disciplinas da área das geociências ou com tópicos específicos, mas que objetivam embasar conhecimentos que serão explorados no decorrer do curso por disciplinas profissionalizantes (por exemplo: geologia geral, topografia, depósitos minerais, geologia estrutural);

      (iii) formativas específicas: são aquelas componentes curriculares de caráter eminentemente profissionalizante e de aplicação prática, nas áreas em que o Curso se propõe a atuar, quais sejam (a) lavra de mina, (b) planejamento mineiro e (c) beneficiamento de minérios;

      (iv) disciplinas optativas: preferencialmente visam uma complementação ou aprofundamento de tópicos específicos do curso, de acordo com o interesse particular e percurso individual de cada aluno.

Estrutura curricular

Componentes curriculares obrigatórias, optativas e atividades complementares

Lista de Pré-Requisitos

Disciplinas Optativas CST Mineração