Sistemas de Informação Recomendados

Para o melhor acompanhamento das atividades de ensino, pesquisa e extensão, recomenda-se  a utilização de sistemas de informação que suportam colaboração, tais como: 

  1. Ambiente Virtual de Aprendizado (AVA) Moodle.  Este é disponibilizado e gerenciado pela Unipampa para todos os cursos de graduação e pós-graduação, independentemente do campus. Esta plataforma possui duas configurações, uma para acompanhamento os cursos presenciais e outra os cursos do EaD institucional e Universidade Aberta do Brasil (UAB). Vale destacar que no âmbito do PPGES a plataforma adotada é para os cursos presenciais, mas que devido à pandemia de Coronavirus, estamos nos adaptando ao novo cenário;
  2. Reuniões e Orientações: para realizar reuniões e orientações remotas podem ser utilizadas as seguintes tecnologias: Whereby (https://whereby.com/), Slack (www.slack.com), Whatsapp (www.whatsapp.com), Skype (www.skype.com), e as ferramentas do ecossistema do Google GSuite, incluindo Google Meet, Hangout, Education, Agenda, Documentos, Planilhas, dentre outras;
  3. Gamification, que é uma prática inovadora de ensino e aprendizagem que vem gradualmente sendo adotada por alguns professores e necessita de plataformas específicas para execução, sendo a recomendada a ferramenta Kahoot (https://kahoot.com).
  4. Gerenciamento colaborativo de projetos. Em muitos componentes curriculares do PPGES é necessário sincronizar os trabalhos e, para tanto, recomenda-se a utilização de softwares para gerenciamento colaborativo de projetos como Bitbucket (www.bitbucket.org/‎), Github (https://github.com), Gitlab (https://git.unipampa.edu.br), e Trello (https://trello.com), e;
  5. Acompanhamento de revisões sistemáticas. Por fim, para acompanhamento virtual dos alunos envolvidos em atividades de pesquisa, como revisões de literatura, duas opções são adotadas: Parsifal (https://parsif.al) ou Thoth (http://lesse.com.br/tools/thoth/).

O PPGES também vale-se de que o campus de Alegrete recomenda um conjunto de softwares gratuitos ou livres que promovem acessibilidade para pessoas com deficiência visual, perda auditiva e mobilidade reduzida. Assim, para pessoas com baixa visão ou cegas os softwares recomendados são: Braille Fácil, DOSVOX, CellWriter, Falador, gXNeur, Jovie, KMag, LentePro, LINVOX, KMouth, MecDaisy, Monet, Mouse Lupa ou NVDA. Para pessoas com mobilidade reduzida os software recomendados são: Câmera Mouse, Caribou, Dasher, EasyStroke, HeadDEV, Head Mouse, Kvkbd, Motrix, MouseNose, MouseTrap, KMouseTool, Plaphoons, Virtual Keyboard. Para pessoas com surdez os softwares recomendados são: aMSN, Dicionário Digital da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), Gtalk, MSN Messenger ou Player Rybená, Skype.

Unido à este suporte ferramental, estamos num esforço para a identificação  de metodologias alternativas de ensino-aprendizagem-avaliação que se adaptem à este novo cenário da educação Brasileira. Alguns estudos iniciais são elencados no projeto de ensino Avaliação Híbrida: Repensando Métodos e Formas de Avaliação, de coordenação por dois professores do PPGES, Diego Kreutz e Fábio Basso.