Ciclo de Seminários e Palestras

Ciclo de Seminários e Palestras

O Ciclo de Seminários e Palestras PPGES tem como objetivo trazer palestras acessíveis a um público mais amplo ministradas por profissionais, pesquisadores e professores experientes. As palestras ao longo do ano terão tema e foco variados, podendo ser mais específicas (ex. avanços no contexto de um problema específico) ou mais abrangentes (ex. desafios de uma área). A apresentação e discussão de ideias novas e antigas de diferentes temas contribui de maneira fundamental para a formação e pesquisa desenvolvida por alunos, professores e profissionais atuantes no desenvolvimento de software e hardware.


Palestras do PPGES 2020/01

O Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Software (PPGES), integrado com o projeto de extensão UniHacker.club, divulga para os interessados uma sequência palestras virtuais sobre temas de pesquisa conduzidos pelos alunos do curso de mestrado profissional em Engenharia de Software, vinculado com a Universidade Federal do Pampa (Unipampa), no campus de Alegrete-RS. O segundo ciclo de seminários e palestras do PPGES irá ocorrer virtualmente, a partir do dia 20/05/2020. Estamos disponibilizando até duas apresentações por semana por Google Meet, com limite de participantes. As palestras ocorrerão em dias e horários pré-estabelecidos, mas que podem sofrer alterações que serão comunicados em redes sociais e também nesta página. As apresentações são abertas ao público externo, mas a participação necessita de autorização do palestrante responsável pelo Google Meet. Esta se caracteriza como uma oportunidade para a comunidade conhecer os projetos de pesquisa conduzidos pelos orientadores. Também serão entregues certificados para os participantes.

 

Palestrante: Luis Guilherme Pires Moura
Orientador: Claudio Schepke

Área de pesquisa: Metodologias e Tecnologias para Engenharia de Software
Tema de pesquisa: Function as a Service versus Microservices
Resumo da palestra: O mercado de hospedagem tem previsão de um crescimento na casa dos bilhões de dólares nos próximos anos devido ao número crescente de serviços baseados na nuvem. Este mercado atrativo vem sendo disputado por grandes provedores de hospedagem, o que tem fragmentado as arquiteturas de software que derivam em grande parte do padrão Service Oriented Architecture (SOA). Dentre as derivações do padrão SOA, as mais adotadas hoje são Microservice e FaaS. Mesmo FaaS sendo uma evolução direta do padrão Microservice, as duas têm diferenças que mudam completamente a forma de trabalhar com cada uma. Neste estudo de caso investiga esta diferença para descobrir se o tipo de software proposto se adequá melhor padrão e quais as vantagens de desvantagens individuais de cada padrão de arquitetura.
Local e Data: Terça-feira dia 26/05, às 14:00, no google meet
Link da live: meet.google.com/oiv-atnn-ymo

Palestrante: Maurício Martinuzzi Fiorenza
Orientador: Diego Kreutz

Área de pesquisa: Segurança em Redes de Computadores
Tema de pesquisa: Gerenciamento de firewalls em ambientes híbridos
Resumo da palestra: Com a crescente introdução gradativa de Redes Definidas por Software, mais conhecidas pelo termo SDN, o gerenciamento de ambientes de rede híbridos representa um novo desafio para as instituições públicas e privadas. Neste contexto, este trabalho tem por objetivo investigar e apresentar soluções para o gerenciamento de firewalls legados (e.g. IPTABLES, Cisco) e programáveis, considerando os novos cenários de SDNs, criando uma interface única, baseada em intents (intenções), que é capaz de gerar, a partir de políticas globais, as instruções e ações para os mais variados tipos de firewalls em um ambiente de rede híbrido. A palestra irá apresentar uma contextualização, a proposta e o andamento do trabalho de pesquisa, desenvolvimento e inovação.
Local e Data: Terça-feira dia 26/05, às 15:00, no google meet
Link da live: meet.google.com/dra-jmpe-oce

Palestrante: Douglas Montanha Giordano
Orientador: João Pablo Silva da Silva

Área de pesquisa: Engenharia de Software
Tema de pesquisa: Consequências do Turnover em Equipes de Desenvolvimento de Software
Resumo da palestra: A rotatividade de pessoas (turnover), afeta várias áreas da sociedade, como por exemplo, administração, medicina e computação. O turnover cria uma gama de riscos para atividades de desenvolvimento de software, onde a mesma se baseia muitas vezes no trabalho de uma equipe de pessoas, como por exemplo os projetos FOSS (Free and Open Source Software). Quando um membro deixa uma equipe de software, existe um grande risco de componentes do software ficarem sem manutenção ou também dificuldades de encontrar pessoas com a mesma capacidade de execução de tarefas dentro do projeto de software. Além desse problema, um grande número de consequências negativas podem ser geradas para o projeto de software. Logo, é importante o gestor da equipe, ou a equipe núcleo do projeto conhecer as possíveis consequências da saída de um membro da equipe e também estar preparado para mitigar os riscos.
Local e Data: Terça-feira dia 02/06, às 15:00, no google meet
Link da live: meet.google.com/xge-zoes-rxp

Palestrante: Miguel da Silva Ecar
Orientador: João Pablo Silva da Silva

Área de pesquisa: Melhoria de Processo de Software
Tema de pesquisa: Software Inteligente para Suporte ao Diagnóstico em Melhoria de Processo de Software
Resumo da palestra: Projetos de Melhoria de Processo de Software (MPS) geralmente são executados com base em um modelo de referência, como CMMI, ISO 9001, SPICE, entre outros. Na maioria dos casos, há a necessidade de usar mais do que um modelo de referência ou adicionar aspectos de outros modelos. SQuaD (Software Quality Domain Ontology) é uma ontologia de domínio que ajuda a generalizar os modelos de referência de processo, corpos de conhecimento e outros recursos usados nas iniciativas de MPS.
Local e Data: 05/06, 15:00, no google meet
Link da live: meet.google.com/etq-qqjb-taz

Palestrante: Luiz Daniel Garay Trindade
Orientador: Fábio Paulo Basso

Área de pesquisa: Processamento de imagens e inteligência artificial
Tema de pesquisa: Aplicações de inteligência artificial em processamento de imagens na detecção de doenças de lavouras
Resumo da palestra: Na palestra será apresentado o resultado de uma mapeamento sistemático do tema de pesquisa. A agricultura desempenha um papel importante na sociedade, sendo uma das principais fontes de alimentos do mundo. Com o crescimento da população, é necessário aumentar a produtividade e a exportação de alimentos agrícolas. Para auxiliar a produção e o rendimento das lavouras, a agricultura de precisão utiliza tecnologias para apoiar o produtor, visando maior produtividade e qualidade das commodities agrícolas. Essas tecnologias incluem sensoriamento remoto, uso de satélites, drones, veículos aéreos não tripulados, além de robôs automatizados, câmeras digitais e smartphones. Um dos problemas encontrados pelos agricultores são as doenças que afetam as plantas. A falha em detectá-las precocemente pode resultar em danos pequenos ou grandes à produção final de uma plantação. Assim, nesta palestra, apresenta-se uma revisão de estudos que utilizam processamento digital de imagens e redes neurais para a detecção de doenças em plantas.
Local e Data: Terça-feira dia 09/06, às 18:00, no google meet
Link da live: meet.google.com/svv-ggar-sxq

Palestrante: Daniel Chaves Temp
Orientador: Rodrigo Brandão Mansilha

Área de pesquisa: Redes de Computadores
Tema de pesquisa: Rumo à Delegação Escalável e Segura de Gerenciamento de LANs para ISPs
Resumo da palestra: Conforme os processos pessoais (entretenimento, financeiros, segurança, etc.), suportados por uma gama crescente de dispositivos (TVs, celulares, câmeras, etc.), convergem para serviços oferecidos através da Internet of Things (IoT), os quesitos de Quality of Experience (QoE), segurança e privacidade das Local Area Networks (LANs) residenciais aumentam em complexidade (quantidade, variedade e conflitos entre aplicaçõs e requisitos). Nesse contexto, clientes podem demandar de seus Internet Service Providers (ISPs) soluções para problemas originados em suas LANs. Porém, ISPs, particularmente os regionais, enfrentam desafios para atender tal demanda de maneira economicamente viável. O nosso objetivo geral é realizar uma ponte entre as soluções publicadas na literatura e as demandas do mercado de ISPs regionais para superar especificidades como aspectos financeiros (e.g. custo total de propriedade), legais (e.g. marco legal da Internet Brasileira) e sociais (e.g. conhecimento tecnológico de clientes e técnicos de ISPs) rumo à delegação escalável (i.e. padronizada entre clientes), segura (e.g. controlada e auditável) de gerenciamento de LANs para ISPs. Nesse contexto, esta palestra apresenta o trabalho desenvolvido durante o primeiro ano do curso de mestrado e um cronograma para estabelecer e alcançar objetivos específicos até a conclusão do curso de mestrado.
Local e Data: Quarta-feira dia 17/06, às 15:00, no google meet
Link da live: meet.google.com/ref-piog-ngj

Palestrante: Giovane D’Avila Mendonça
Orientador: Gilleanes Thorwald Araujo Guedes

Área de pesquisa:Engenharia de Software Orientada a Agentes
Tema de pesquisa:Processo de Engenharia de Requisitos para Sistemas Multiagentes
Resumo da palestra:A engenharia de requisitos desempenha uma função crucial para o desenvolvimento de qualquer software pois, é nela que os requisitos são levantados, analisados, especificados e validados, ou seja, onde se define o que o software deverá oferecer. Isso é válido também para sistemas multiagentes, todavia o desenvolvimento deste tipo de sistema requer a identificação de requisitos específicos, o que trouxe vários desafios para engenharia de requisitos tradicional. Para contornar estes desafios, surgiram várias metodologias para engenharia de requisitos de sistemas multiagentes com objetivo de identificar estes requisitos e garantir que o sistema atenda as necessidades que ele se destina. Entretanto, estas metodologias não apresentam um processo completo que satisfaça todas as subáreas da engenharia de requisitos. Com isso, este estudo tem o objetivo de propor um processo de engenharia de requisitos específico para sistemas multiagentes abrangendo todas as subáreas da engenharia de requisitos.
Local e Data: Terça-feira dia 23/06, 15:00, no google meet
Link da live: meet.google.com/xpf-xjda-awc

Palestrante: Giulliano Lyra Paz
Orientador: Diego Kreutz

Área de pesquisa: Big Data, IoT
Tema de pesquisa:Sistema de Monitoramento de Dispositivos IoT
Resumo da palestra:Na palestra, será apresentado o andamento da pesquisa de mestrado e do desenvolvimento do projeto. Será mostrada a arquitetura escolhida, tecnologias utilizadas e decisões tomadas. Será realizada uma contextualização sobre pipelines de dados e apresentados os objetivos já alcançados e os a serem alcançados ao fim do mestrado e do projeto.
Local e Data: Terça-feira dia 23/06, 16:00, no google meet
Link da live: meet.google.com/uoo-afjc-yhv

Palestrante: Rafael Duarte Beltran
Orientador: Rodrigo Brandão Mansilha

Área de pesquisa: Redes de Computadores
Tema de pesquisa: Avaliação Experimental de ICN
Resumo da palestra: Redes Centradas em Informação (Information Centric Networking – ICN) propõem uma mudança de paradigma para tornar a disseminação de conteúdo na Futura Internet mais eficiente e segura que o paradigma da Internet atual. Após anos de pesquisas baseadas, essencialmente, em metodologias analíticas, simulacionais e emulacionais, a área de ICN atingiu um nível de maturidade adequado para ser investigada experimentalmente em ambientes distribuídos de larga escala. Esta palestra apresenta uma breve introdução sobre ICN, uma revisão sistemática sobre ambientes de avaliação experimental para ICN realizada no primeiro semestre do curso de mestrado e potenciais objetivos de pesquisa a serem almejados na dissertação.
Local e Data: Terça-feira dia 30/06, 15:00, no google meet
Link da live: meet.google.com/hmn-kqvc-pfa

Palestrante: Thiarles Soares Medeiros
Orientador: Arthur F. Lorenzon
Área de pesquisa: Arquitetura de Computadores
Tema de pesquisa: Otimização de Recursos Computacionais
Resumo da palestra: Breaking boundaries in transistor technology has allowed the increase in number of cores within a single chip. In its turn, this enables High-Performance Computing (HPC) systems with capabilities to better exploit thread-level parallelism (TLP). Simultaneously, however, this leads to unforeseen issues related to the temperature of these systems. Reaching high temperatures speeds up the aging process of hardware components by influencing their causes (e.g., negative bias temperature instability — NBTI), and that is not only dependent on the number of cores, but also in the distance between them and their usage. On top of that, parallel applications present various patterns, such as irregularity, unbalanced computations, or high rates of communications. These different characteristics may accentuate such adverse effects. Given these considerations, we propose a search strategy that automatically finds the ideal combination of TLP exploitation and thread allocation strategy to execute applications with a key objective: reducing the impact of NBTI on processor aging. With the execution of thirteen well-known benchmarks on three different multicore architectures, we demonstrate that our strategy converges to the ideal solution executing less than 7% of all possible combinations of strategies in all scenarios. We also show that processor lifetime can be significantly extended when running applications with the solution found by our search strategy.
Local e Data: Terça-feira dia 07/07, às 14:00, no google meet
Link da live: meet.google.com/xoa-yhmk-hce

Palestrante: Gustavo Paim Berned
Orientador: Arthur F. Lorenzon
Área de pesquisa: Arquitetura de Computadores
Tema de pesquisa: Otimização de Recursos Computacionais
Resumo da palestra: Because many parallel applications do not scale as the number of threads increases, executing them with all the available resources will not always deliver the best outcome in performance, energy consumption, or the tradeoff between both (represented by the energy-delay product – EDP). Given that, online and offline strategies have already been proposed to tune the number of threads according to the application rightly. While the former can capture some behaviors that can only be known at runtime, the latter do not impose any execution overhead and can use more efficient and costly algorithms. However, these learning algorithms in offline strategies may take several hours, precluding their use or a smooth migration across different systems. In this context, we propose a methodology that significantly decreases the learning cost (e.g., the time to find an ideal number of threads) of offline strategies for parallel applications using only a smaller input set than the ones used by the target applications. The methodology implements two offline search strategies: (i) SEA, which aims to find an ideal number of threads by considering that all parallel regions run with the same degree of Thread-level parallelism (TLP). And (ii) SPRA, which aims to find an ideal degree of TLP for each parallel region of a given application. With the execution of seventeen well-known benchmarks on three multicore processors, we show that SEA and SPRA strategies are capable of converging to EDP results that are close to an offline approach applied over the regular input set, but being 88% and 87% faster, on average, respectively. By converging to an ideal degree of TLP in most of the cases, both strategies show significant EDP improvements compared to the standard way that parallel applications are executed. Furthermore, we show that while SPRA provides better EDP results in applications with an unbalanced workload, SEA is better in applications where all parallel regions have the same behavior.
Local e Data: Terça-feira dia 07/07, às 15:00, no google meet
Link da live: meet.google.com/vsj-iwnb-drr

 

Promoção: PPGES e UniHacker.Club


Palestras Anteriores

Seminários e Palestras 2020/1

Seminários e Palestras 2019/1