Infraestrutura de Laboratórios e Biblioteca

  • Espaço atual

Atualmente, o Curso de Engenharia de Computação conta com CINCO dos seus laboratórios específicos (ver Política de Uso), todos com processadores multicore e dois sistemas operacionais (Windows e GNU/Linux), disponibilizando um ambiente replicado com as ferramentas adotadas nas atividades práticas previstas no curso:

  • LabPRO: 24 desktops e ambiente para programação em duplas, comportando práticas com pelo menos 48 alunos (perspectiva de ampliação para 50 desktops);2311
  • LabCoCi: 30 desktops e ambiente para práticas individuais para 30 alunos;2308
  • LabSiDE: 24 desktops e ambiente voltado para práticas individuais e classes complementares para atividades com até 30 alunos;2306
  • LabRASO: 16 desktops (iMac com sistema operacional OS X) e ambiente para práticas individuais para 16 alunos;
  • 2309
  • SETec: 5 servidores HP Proliant ML350 G6: Processador Intel Xeon E5620 (4 cores, 2.4 GHz por core, com Hyper-Threading); Memória RAM: 8 GB DDR 32307
  • TecE: 7 desktops e ambiente de pesquisa na área de tecnologias educacionais.2301
  • HECOLab: http://porteiras.s.unipampa.edu.br/heco/heco-lab/

Somam-se à infraestrutura específica o Lab. de Informática de Uso Geral (antigo LabInfo), que funciona na Sala 2411, disponível para estudos extra-classe e pesquisa na Internet, bem como o Lab. de Desenho Técnico II (antigo LabDT-II), que funciona na Sala 2408 e fica disponível para atividades com software de CAD.

A biblioteca está em operação em amplo espaço próprio, incluindo salas de estudo individual e em grupo (siga o link Apresentação_EC para visualizar estes referidos laboratórios).

Além de acessar à Internet (Link dedicado de fibra ótica com a RNP) nos laboratórios referidos, os alunos tem a sua disposição uma rede Wi-Fi com controle de acesso e autenticação integrada com o sistema acadêmico, cobrindo todos os andares dos Blocos 1 e 2 do Campus.

  • Infraestrutura planejada

Considerando as demandas de atividades práticas das disciplinas que compõem o currículo dos cursos do Campus Bagé, em particular as cobertas por docentes da Área de Computação, foram propostos seis laboratórios (* uma das salas é compartilhada por dois laboratórios com objetivos complementares), ocupando cinco salas alocadas no terceiro piso do Bloco 2 da Sede do Campus Bagé, bem como uma sala pequena para instalação de equipamentos e técnicos:

1) Laboratório de Programação (LabPRO) – 2311
2) Laboratório de Redes, Arquitetura e Sistemas Operacionais (LabRASO) – 2309
3) Laboratório de Concepção de Circuitos (LabCoCi) – 2306
4) Laboratórios de Sistemas Digitais e de Embarcados (LabSiDE)* – 2308
5) Laboratório de Estudos Avançado (LabEA) – 2305
6) Sala de Equipamentos e Técnicos (SETec) – 2307
  • Histórico

Até o segundo semestre de 2010, para as atividades de ensino e pesquisa referentes aos conteúdos específicos (computação e demais áreas básicas de Engenharia), o curso de Engenharia de Computação fez uso de oito laboratórios (todos com regulamentação para seu uso, de acordo com as especificidades de cada laboratório) para desenvolvimento de atividades práticas inerentes às suas disciplinas, sendo que um destes laboratórios era também destinado ao desenvolvimento de atividades de pesquisa oriundas de projetos desenvolvidos e coordenados por professores do curso.

Em particular, no que se refere à área de computação, cabem ser destacados:

  • Laboratório Integrado de EC (LIEC): laboratório que oferecia suporte para a maior variedade de atividades práticas avançadas, tanto de ensino quanto de pesquisa, que vão desde o do desenvolvimento de software (avançado), ao desenvolvimento de hardware (por meio de ferramentas CAD e plataformas reconfiguráveis – FPGAs);
  • Laboratório de Informática (LabInfo) e Laboratório de Desenho Técnico II (LabDT-II): laboratórios para o desenvolvimento de atividades práticas preliminares (fundamentos de programação) e pesquisa.

Detalhamento da Infraestrutura:

  • LIEC: Localizado na antiga sede, possuia 35 m2 e capacidade para 25 alunos. Contava com um aparelho de ar condicionado com potência de 8.000 BTUs. Possuia 12 mesas e 25 cadeiras de modo a possibilitar que, em períodos de operação com capacidade máxima, os alunos pudessem desenvolver as atividades práticas em duplas, compartilhando o uso dos equipamentos disponíveis (12 computadores). Dispunha ainda de quadro branco e canetas (para escrita em quadro branco) para uso de professores e alunos.
  • LabInfo: Localizado na antiga sede, possuia 49,41 m2 e capacidade para 50 alunos. Contava com dois aparelhos de ar condicionado com potência de 8.000 BTUs cada. Possuia 25 mesas e 50 cadeiras de modo a possibilitar que, em períodos de operação com capacidade máxima, os alunos pudessem desenvolver as atividades práticas em duplas, compartilhando o uso dos equipamentos disponíveis (25 computadores). Dispunha ainda de quadro branco e canetas (para escrita em quadro branco) para uso de professores e alunos.
  • LabDT-II: Localizado na antiga sede, possuia 49,41 m2 e capacidade para 50 alunos. Contava com um aparelho de ar condicionado com potência de 12.000 BTUs. Possuia 25 mesas e 50 cadeiras de modo a possibilitar que, em períodos de operação com capacidade máxima, os alunos pudessem desenvolver as atividades práticas em duplas, compartilhando o uso dos equipamentos disponíveis (25 computadores). Dispunha ainda de quadro branco, canetas (para escrita em quadro branco) e tela retrátil (para projeção com datashow) para uso de professores e alunos.

Todos os laboratórios possuiam boa iluminação e ventilação natural e lâmpadas fluorescentes que possibilitam adeuqada iluminação para desenvolvimento das atividades noturnas, bem como instalações elétricas em condições de conservação consideradas suficientes para o desenvolvimento das atividades planejadas para estes espaços. Suas dimensões e formatos permitiam plena comunicação verbal, mesmo com os laboratórios operando em suas capacidades máximas.

Em particular, a infraestrutura de comunicação do LIEC e do LabInfo contava com cabos de rede (par trançado) para comunicação com fio e pontos de acesso para acesso sem fio à Internet. Nos corredores de acesso aos laboratórios existiam extintores de incêndio conforme as normas de segurança vigentes.

Portando, após a ocupação completa da sede definitiva, o Curso de Engenharia de Computação passará a contar com seis laboratórios: Lab. de Programação – LabPRO (com 110 m2); Lab. de Concepção de Circuitos (com 86 m2); Laboratórios de Sistemas Digitais e Sistemas Embarcados (compartilhando área de 110 m2); Lab. de Redes de Computadores, Arquitetura de Computadores e Sistemas Operacionais (com 86 m2); e  Lab. de Estudos Avançados (com 86 m2) – totalizando cerca de 478m2, localizados no terceiro andar do Bloco 2.

As imagens abaixo destacam a biblioteca existente na antiga sede, em operação até o segundo semestre de 2010, constrastando com o amplo e próprio espaço definitivo ocupado no segundo andar do Bloco 3.