Perfil Profissional

O Engenheiro Agrícola é o profissional que possui uma visão integrada do desenvolvimento da cadeia sistêmica agrícola e que aplica as Ciências Exatas e a Tecnologia à Agricultura, levando em consideração os fatores ambientais, econômicos e sociais.

Assim, o Engenheiro Agrícola se vale de uma sólida formação em Física e Matemática para atuar na interface entre a Engenharia e a Agricultura, buscando a solução de problemas nos sistemas produtivos.


Atribuições Profissionais

As atividades do Engenheiro Agrícola são reguladas pelo CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA , ARQUITETURA E AGRONOMIA (CONFEA). A Resolução n° 256, de 27 de maio de 1978, apresenta a seguinte redação:

Compete ao Engenheiro Agrícola o desempenho das atividades 01 a 18 do Artigo 1o da Resolução 218 do CONFEA, referentes à aplicação de conhecimentos tecnológicos para a solução de problemas relacionados à produção agrícola, envolvendo energia, transporte, sistemas estruturais e equipamentos, nas áreas de solos e águas, construções para fins rurais, eletrificação, máquinas e implementos agrícolas, processamento e armazenamento de produtos agrícolas, controle de poluição em meio rural, seus serviços afins e correlatos.

Áreas de Atuação

  • Construção rural

Projetar e construir estufas, silos, estábulos e outros alojamentos para animais, mantendo as condições ideais de climatização dos ambientes.

  • Eletrificação rural

Instalar em propriedades rurais fontes de energia hidráulica, elétrica, solar ou geradas por biogás.

  • Engenharia de águas e solos

Construir açudes, barragens e sistemas de irrigação e drenagem. Combater a erosão e pesquisar técnicas de conservação do ambiente.

  • Extensão rural e difusão de tecnologia

Orientar produtores rurais sobre tecnologias e conhecimentos de produção segundo a capacidade produtiva da propriedade.

  • Mecanização agrícola

Projetar e construir equipamentos mecânicos, bem como otimizar sistemas mecanizados para todas as etapas da produção agropecuária. Prestar assistência técnica aos agricultores.

  • Planejamento agropecuário

Organizar e gerenciar negócios agropecuários. Fazer previsão de safras e propor métodos para gestão dos recursos naturais.

  • Tecnologia pós-colheita

Determinar a embalagem, o armazenamento, o transporte e o beneficiamento das safras.

Mercado de Trabalho

As atividades profissionais do Engenheiro Agrícola poderão ser desenvolvidas em diversos campos, como:

  • Empresas agrícolas;
  • Empresas de consultoria e projetos;
  • Indústrias de máquinas e implementos agrícolas;
  • Instituições publicas de pesquisa e desenvolvimento tecnológico;
  • Instituições públicas de desenvolvimento regional;
  • Magistério superior e de nível médio.